Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Conselho de Ética instaura novo processo contra Eduardo Bolsonaro

Em abril, o deputado federal e filho do presidente da República escreveu um comentário asqueroso sobre a jornalista Míriam Leitão
Conselho de Ética instaura novo processo contra Eduardo Bolsonaro
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O Conselho de Ética da Câmara instaurou há pouco processo por quebra de decoro parlamentar contra o deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP), após ele ter minimizado a tortura sofrida pela jornalista Miriam Leitão durante o período da ditadura militar.

Como registramos no início do mês passado, Eduardo escreveu um comentário asqueroso depois que Míriam Leitão publicou um artigo em O Globo, ontem cedo, no qual critica a Terceira Via por tratar Lula e Jair Bolsonaro como iguais. Nas redes sociais, ele fez referência à tortura sofrida pela jornalista na ditadura.

Após o comentário, parlamentares do PSOL e Rede apresentaram denúncia contra o deputado e pediram a cassação do mandato do parlamentar.

O filho do presidente já foi alvo de outras denúncias por ter minimizado a ditadura militar e por ter endossado o AI-5.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....