Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Como o MDB pode atrapalhar a Terceira Via

Para um partido que deseja eleger muitos deputados, pode ser mais interessante manter Simone Tebet na disputa até o final do primeiro turno
Como o MDB pode atrapalhar a Terceira Via
Reprodução/YouTube/MDB

A senadora Simone Tebet, que teve sua candidatura ao Planalto lançada nesta semana pelo MDB, tem dito que está disposta a compor com outros candidatos para dar viabilidade à Terceira Via. Não é assim tão simples. 

Um acordo com João Doria seria fácil, quase natural. O MDB provavelmente indicará o vice na chapa de Rodrigo Garcia, o nome de Doria na disputa de 2022 pelo governo do Estado de São Paulo.

Já se a Terceira Via for representada por Sergio Moro, as resistências no MDB serão enormes, pois medalhões como Michel Temer e Renan Calheiros sequer cogitam se encontrar com ele. 

Mas tudo isso talvez seja secundário em um partido que já foi bem maior na Câmara, e agora  pretende eleger 50 deputados federais. Bancada grande, não é preciso lembrar, significa mais dinheiro do fundo partidário.

Nesse caso, o fator decisivo pode ser o benefício de manter até o fim do primeiro turno das eleições uma candidatura como a de Simone Tebet, pouco conhecida e com pouca rejeição. Isso desobriga o partido de fazer alianças e facilita a vida dos candidatos à Câmara, que se livram do risco de ter de carregar nas costas um Bolsonaro ou um Lula, mesmo que eles sejam odiados em sua região 

O MDB pode insistir para que Tebet fique no jogo até o final. E como ela vai dizer não?

 

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....