Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Com Adriano Pires, Lira e Centrão voltam a influir na Petrobras

Economista indicado nesta segunda (28) para presidir a estatal sempre teve bom trânsito no meio político e se aproximou de líderes do bloco no ano passado
Com Adriano Pires, Lira e Centrão voltam a influir na Petrobras
Foto: Pedro França/Agência Senado

Indicado por Jair Bolsonaro para a presidência da Petrobras, o economista Adriano Pires (foto) sempre teve bom trânsito no meio político, especialmente entre lideranças do PSDB e do DEM.

Ele é crítico da política de preços adotada pela estatal nos governos do PT —e que, agora, alguns aliados do presidente sonham em ressuscitar para tentar conter os preços dos combustíveis em pleno ano eleitoral.

No ano passado, conta Helena Mader na Crusoé, Pires se aproximou de importantes lideranças do Centrão —como o presidente da Câmara, Arthur Lira, e os deputados baianos Elmar Nascimento e João Carlos Bacelar— em torno de interesses em comum na privatização da Eletrobras.

Logo depois da aprovação da venda da estatal, com jabutis defendidos pelo Centrão e pelo próprio Pires, Lira intensificou as articulações para a queda do general Joaquim Silva e Luna do comando da Petrobras.

LEIA AQUI a reportagem da Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....