Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ciro chama Pedro Guimarães de "bandido", e Tebet pede sua demissão sumária

Presidente da Caixa Econômica deve cair do cargo nesta quarta-feira (29) após denúncias de assédio sexual serem reveladas pela imprensa
Ciro chama Pedro Guimarães de “bandido”, e Tebet pede sua demissão sumária
Foto: Marcos Corrêa/PR

O escândalo de assédio sexual envolvendo o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães (foto) ecoou na encontro de pré-candidatos à presidência na manhã desta quarta-feira (29), promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Ciro Gomes (PDT) o chamou de “bandido”.

“Uma autoridade pública que usa do seu poder para constranger sexualmente uma mulher é um bandido. Tinha que ser demitido e responder pela cadeia”, disse o pedetista durante o evento.

Já Simone Tebet (MDB) alertou para o fato de que são mulheres as que mais sofrem com os abusos sexuais.

“É inadmissível. A mulher precisa ser respeitada. A cara mais pobre do Brasil é a de uma mulher”, lembrou a pré-candidata do MDB. “Elas não devem sofrer caladas.”

Com as denúncias reveladas ainda ontem, o Planalto considera insustentável a permanência do presidente da Caixa no cargo.

Assista:

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....