Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Célio Borja, ex-ministro do STF, morre aos 93 anos no Rio

Advogado e professor de direito foi também deputado federal, presidente da Câmara e ministro da Justiça durante o governo de Fernando Collor
Célio Borja, ex-ministro do STF, morre aos 93 anos no Rio
Reprodução/TV Câmara

Célio Borja (foto), ex-presidente da Câmara, ex-ministro do STF e ex-ministro da Justiça, morreu nesta terça-feira (28), aos 93 anos, no Rio de Janeiro. A causa da morte foi uma pneumonia bacteriana, segundo o Valor Econômico.

Advogado e professor de direito, Borja começou carreira política na UDN e se filiou à Arena, o partido de sustentação do regime militar, em 1966. Foi deputado federal por três mandatos e presidiu a Câmara entre 1975 e 1976, no governo de Ernesto Geisel.

Nomeado por José Sarney para o STF, Borja atuou como ministro da corte de 1986 a 1992 e presidiu o TSE nos últimos dois anos desse período. Ao deixar o Supremo, em 1992, tornou-se ministro da Justiça da gestão de Fernando Collor.

Em nota, o atual presidente do STF, Luiz Fux, lamentou a morte. “Célio Borja teve uma vida profissional marcada por caminhos diversos, que o transformaram em um homem público de grande relevância nacional”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....