Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Cármen dá 5 dias para governo Bolsonaro explicar consulta sobre vacinação de crianças

O despacho se deu em ação da Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM), que questiona o ato; ministra quer ouvir Jair Bolsonaro e Queiroga
Cármen dá 5 dias para governo Bolsonaro explicar consulta sobre vacinação de crianças
Foto: Nelson Jr. / STF

Cármen Lúcia (foto), do STF, pediu informações a Jair Bolsonaro e ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, sobre o ato que determinou a realização de consulta pública a respeito da vacinação contra a Covid em crianças de 5 a 11 anos.

A ministra determinou que as informações sejam prestadas no prazo de cinco dias, independentemente do período de recesso forense. O despacho se deu em ação apresentada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM), que questiona a consulta.

“O quadro relatado pela confederação é de inegável gravidade, com evidente risco de dano à saúde e à vida de crianças e adolescentes e de toda a população, e que a detecção de novas variantes requer seriedade e urgência de medidas eficientes no combate à pandemia”, disse a ministra.

Segundo Cármen, as omissões administrativas que desatendam as medidas necessárias para a garantia do direito à saúde podem gerar efeitos gravosos às pessoas e a toda a sociedade.

“O que se pretende é que não se pague com vidas humanas ou comprometimento da integridade das pessoas o descaso ou o desacerto comprovado e previsível das decisões estatais”, afirmou.

Em 20 de dezembro, o Ministério da Saúde determinou a realização de uma consulta pública, entre 23 de dezembro e 2 de janeiro de 2022, sobre a vacinação contra a Covid em crianças desta faixa etária.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....