Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Carlos Fernando Lima, na Crusoé: as vanguardas do atraso

"Para nosso mal como país, nenhum dos dois lados, progressistas e conservadores, quer pagar o preço inevitável para a correção dos rumos de nossa economia e sociedade"
Carlos Fernando Lima, na Crusoé: as vanguardas do atraso
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

“A atual discussão política sobre a economia brasileira, especialmente sobre os preços dos combustíveis, a inflação e o papel da Petrobras, lembra a frase de Chesterton sobre progressistas e conservadores: ‘O papel dos progressistas é continuar cometendo erros. O papel dos conservadores é evitar que os erros sejam corrigidos'”, diz o ex-procurador Carlos Fernando dos Santos Lima (foto), em sua coluna na Crusoé

“Para nosso mal como país, nenhum dos dois lados, progressistas e conservadores, quer pagar o preço inevitável para a correção dos rumos de nossa economia e sociedade, mas apenas desejam atingir o poder pelo poder.”

“Assim, se de um lado temos o engodo do atual governo, vendido como liberal durante a campanha eleitoral, mas que realmente nunca passou, pelo menos na cabeça do presidente Bolsonaro, de um sindicalismo militar, um conservadorismo não inteligente confusamente orientado pela propaganda desenvolvimentista dos governos da ditadura, de outro temos a equivocada esquerda em sua oposição, cujo paradigma é Lula, outro sindicalista que vê o futuro pelo retrovisor, a insistir em uma agenda progressista – se é que estatização é realmente um progresso – que nos conduzirá inevitavelmente ao passado.”

LEIA MAIS AQUI; assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....