Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Campanha de Lula quer "usar linguagem dos evangélicos pentecostais"

Para atrair a parcela do eleitorado, o PT pretende "desconstruir" o discurso de Silas Malafaia, líder da Assembleia de Deus
Campanha de Lula quer “usar linguagem dos evangélicos pentecostais”
Foto: Reprodução/Redes Sociais

O pastor Paulo Marcelo Schallenberger, que compõe a pré-campanha presidencial de Lula, afirmou que a estratégia para o petista será adotar a linguagem dos evangélicos pentecostais. Como mostramos, o PT tem tentado atrair a parcela do eleitorado.

Em entrevista a O Globo, Schallenberger, que já foi aliado de Marco Feliciano, a ideia é fazer frente a Jair Bolsonaro.

“Às vezes, as pessoas não entendem que os evangélicos não são um bloco único. O maior núcleo do bolsonarismo está nas igrejas pentecostais, principalmente a Assembleia de Deus, com a qual o PT nunca teve muito diálogo. Por isso, vamos usar a linguagem que o povo pentecostal entende.”

Segundo o pastor, a ideia é “desconstruir” o discurso de Silas Malafaia, líder da Assembleia de Deus.

“O bolsonarismo tem o pastor Silas Malafaia, e nossa intenção, guardadas as proporções, é desconstruir o que eles dizem, com discurso mais incisivo. O próprio Lula comentou que cansou de só apanhar, que chegou a hora de o Malafaia também ouvir.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....