Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Câmara de Curitiba marca sessões para avaliar cassação de vereador que invadiu igreja

O presidente da Casa atendeu a uma determinação da juíza Patricia de Almeida Gomes Bergonse, da 5ª Vara de Fazenda Pública
Câmara de Curitiba marca sessões para avaliar cassação de vereador que invadiu igreja
O vereador por Curitiba, Renato Freitas. Foto: Eduardo Marcelino/Malik Fotografia

O presidente da Câmara de Vereadores de Curitiba, Tico Kusma (Pros), marcou para amanhã e quarta-feira as sessões de votação do processo por quebra de decoro parlamentar contra o vereador Renato Freitas (PT), acusado de ter invadido uma igreja na capital do Paraná.

Kusma atendeu a uma determinação da juíza Patricia de Almeida Gomes Bergonse, da 5ª Vara de Fazenda Pública, que suspendeu uma liminar que impedia a análise do pedido de cassação do parlamentar.

Em 6 de fevereiro, o grupo liderado por Freitas interrompeu a missa na Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos de São Benedito, no centro histórico de Curitiba, para protestar contra a morte de Moïse. Participantes do protesto chamaram os fiéis de “racistas” e “fascistas”, e o vereador acusou os católicos de apoiarem “um policial que está no poder”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....