Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Caixa gastou R$ 10 milhões com viagens de Pedro Guimarães

Acusado de assediar sexualmente funcionárias quando era presidente do banco estatal, executivo fez 147 viagens pelo país desde janeiro de 2019
Caixa gastou R$ 10 milhões com viagens de Pedro Guimarães
Foto: Jose Cruz/Agência Brasil

Dados da Caixa Econômica Federal enviados ao Congresso mostram que Pedro Guimarães (foto), ex-presidente do banco estatal, realizou 102 viagens pelo Programa Caixa Mais Brasil, informa a Veja. Segundo a revista, os dados do sistema são incompletos, pois o número total de viagens desde o início do mandato de Jair Bolsonaro foi de 147.

Guimarães, um dos mais fiéis aliados do presidente, pediu demissão do cargo na semana passada, após a revelação de que o MPF investiga sigilosamente acusações de assédio sexual e moral feitas por funcionárias da Caixa contra ele.

De janeiro de 2019 a junho último, o então presidente da Caixa e sua comitiva gastaram 1,9 milhão de reais com hospedagem. Somando os gastos com estrutura de segurança e transporte, o total chega a 10 milhões de reais.

“A lista de passageiros de cada viagem de Guimarães tem 14 páginas e algumas coincidências. Os outros ex-executivos do banco também investigados por assédio estão presentes em muitas viagens. As mulheres, em muitos casos, eram maioria no grupo ou estavam em número equivalente ao de companheiros de Guimarães nas agendas”, escreve a Veja.

“Essas viagens estão no centro das denúncias de assédio sexual contra Guimarães, pois as servidoras da Caixa que acompanhavam o banqueiro revelaram ao MPF que era nesses programas que muitas situações de assédio ocorriam”, acrescenta a revista.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....