Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro volta a criticar Alcolumbre por demora na sabatina de André Mendonça

Em conversa com apoiadores na saída do Alvorada, o presidente afirmou: "Quem não quer, que vote contra. Não pode ficar nessa agonia aí"
Bolsonaro volta a criticar Alcolumbre por demora na sabatina de André Mendonça
Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Em conversa há pouco com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, Jair Bolsonaro criticou o presidente da CCJ do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), por ele ainda não ter marcado a sabatina do ex-ministro da AGU André Mendonça, indicado para a vaga do ministro Marco Aurélio Mello no STF.

“Estamos indo para cinco meses sem que seja sabatinado o ministro André. Por quê? Não vou responder para vocês”, disse o presidente no cercadinho, sem citar o nome do presidente da CCJ (foto).

“O certo é [o André Mendonça] ser sabatinado. A sabatina não é uma prova escrita, é uma votação secreta. Quem não quer o André, que vote contra. Não pode ficar nessa agonia aí”, complementou Bolsonaro.

Por fim, ele ironizou a disputa pela vaga do ex-ministro Marco Aurélio.

“Quem não quer indicar alguém para ir para o Supremo? Até eu quero ir para o Supremo. Vou tirar o nome do André e mandar meu nome para lá”, declarou Bolsonaro.

Na semana passada, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), deu um ultimato a Alcolumbre e disse que vai analisar, em plenário, todas as indicações a cargos na primeira semana de dezembro.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....