Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro volta a atacar as eleições e diz que não pode pairar “sombra da suspeição”

Hoje, ministro do TSE Alexandre de Moraes afirmou que a Justiça Eleitoral combate quem é contrário a "ideais constitucionais e republicanos"
Bolsonaro volta a atacar as eleições e diz que não pode pairar “sombra da suspeição”
Foto: Anderson Riedel/PR

Em mais um ataque às eleições, Jair Bolsonaro voltou a insistir na tese de que o pleito deste ano está sob suspeita.

Em discurso durante o Congresso Mercado Global de Carbono, o presidente da República afirmou há pouco que as sugestões a serem dadas pelas Forças Armadas na comissão de transparência do TSE “não serão jogadas no lixo”.

“As Forças Armadas foram convidadas a participar do processo eleitoral, e não vão ser jogadas no lixo suas sugestões e observações. Quem porventura votar no outro lado, queremos que seja respeitado, e quem votar do lado de cá também. Não podemos enfrentar um sistema eleitoral (sobre o qual) paire a sombra da suspeição”, disse Jair Bolsonaro.

Mais cedo, o ministro do TSE Alexandre de Moraes, que vai comandar o processo eleitoral este ano, deu um recado claro ao presidente da República. Em solenidade na Corte, ele afirmou:

“[A Justiça Eleitoral] nasceu com muita vontade, nasceu com muita coragem de lutar pela democracia e com muita coragem de lutar contra um sistema que, à época, era um sistema que tentava capturar a vontade soberana do povo, desvirtuando os votos que eram colocados nas urnas. Esse foi o surgimento da Justiça Eleitoral. […] A vontade de democracia e a coragem de combater aqueles que são contrários aos ideais constitucionais e republicanos permanece na Justiça Eleitoral”, disse.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....