Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro vai recorrer ao plenário do STF para não depor presencialmente na PF

Pedido será protocolado em instantes por meio do advogado-geral da União, Bruno Bianco
Bolsonaro vai recorrer ao plenário do STF para não depor presencialmente na PF
Reprodução/Jair Bolsonaro/YouTube

Jair Bolsonaro (foto) decidiu há pouco que vai recorrer ao plenário do STF para tentar não depor presencialmente na sede da PF na investigação sobre o vazamento do inquérito do ataque hacker ao TSE.

Ontem, como mostramos, o ministro do STF Alexandre de Moraes negou pedido do presidente da República para não prestar esclarecimentos sobre o caso. Moraes também retirou o sigilo da investigação e determinou que, após o interrogatório, a PF conclua o inquérito.

A petição será protocolada até o final da manhã pela AGU, que representa o presidente da República. Além de levar o caso a plenário, o advogado-geral da União, Bruno Bianco, pediu a suspensão da oitiva até deliberação de todos os ministros do STF.

Na peça, Bianco pretende apresentar decisões de outros ministros do STF contrárias ao depoimento presencial de presidente da República, como a de Luís Roberto Barroso, que autorizou Michel Temer a prestar esclarecimentos por escrito durante o chamado inquérito dos portos. 

Hoje, em conversa com apoiadores, Bolsonaro voltou a criticar aquilo que chamou de interferências no Poder Executivo.

“[Em 2021] enfrentamos também outras atribulações. Interferências no Executivo, as mais variadas possíveis. Sempre, da nossa parte, jogando com aquilo que nós temos e aquilo que nós juramos respeitar por ocasião da nossa posse, a nossa Constituição”,

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....