Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro recua e agora diz que não há "corrupção endêmica" no seu governo

Presidente não citou diretamente o nome de Milton Ribeiro em fala na Confederação Nacional da Indústria (CNI), mas criticou CPI sobre o tema
Bolsonaro recua e agora diz que não há “corrupção endêmica” no seu governo
Fotos: Iano Andrade / CNI

Jair Bolsonaro recuou do discurso que mantinha desde o primeiro dia de mandato -de que seu governo não possuía um único caso de corrupção- e agora admite que eles existem – só não são naturais em seu mandato.

Em evento com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), Bolsonaro tratou do tema sem mencionar o nome de Milton Ribeiro, o seu ex-ministro da Educação e o epicentro mais recente de um esquema do tipo.

“Não temos nenhuma corrupção endêmica no governo. Tem casos isolados que pipocam e a gente busca solução para isso”, disse Bolsonaro a uma plateia de 1.600 industriais em Brasília.  “E quando se fala em corrupção, nós temos que falar: três anos e três meses sem qualquer denúncia de corrupção em nossos ministérios”. O presidente para exatamente no momento das denúncias envolvendo o MEC.

Ainda falando com o setor industrial, Bolsonaro criticou os esforços da oposição ao seu governo no Senado em instalar uma CPI para investigar o tema – apenas na semana que vem se saberá se o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG) irá abri-la ou não.

“Olha uma CPI quase saindo aí com um assunto que parece que tá enterrado”, ironizou Bolsonaro. “Parece – mas quando se abre uma CPI, abre se um mar de oportunidades para oportunistas fazerem campanha contra a gente no caso.”

Assista:

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....