Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro estuda anistiar Roberto Jefferson, Allan dos Santos e Oswaldo Eustáquio

Presidente estuda emitir um outro decreto ou enviar para o Congresso um projeto legislativo para perdoar condenações de aliados
Bolsonaro estuda anistiar Roberto Jefferson, Allan dos Santos e Oswaldo Eustáquio
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Em conversas com aliados, Jair Bolsonaro disse que também pretende conceder indulto a outros correligionários que foram condenados pelo Supremo Tribunal Federal por envolvimento com atos antidemocráticos, mais especificamente o ex-presidente do PTB Roberto Jefferson, o blogueiro Allan dos Santos e o ativista Oswaldo Eustáquio.

A informação foi revelada pelo site Metrópoles, mas confirmada por O Antagonista. Neste momento, o presidente da República estuda dois instrumentos para isso: conceder um indulto em caráter mais amplo, nos mesmos moldes do dado a Daniel Silveira, ou encaminhar o projeto legislativo para perdoar as penas de Jefferson, Santos e Eustáquio.

Independente do remédio – decreto presidencial ou projeto de decreto legislativo -, o presidente gostaria de utilizar o mesmo argumento: garantir o direito constitucional à liberdade de expressão. O caso, neste momento, já está sob análise do advogado-geral da União, Bruno Bianco.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....