Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro diz sofrer “ameaças de cadeia quando deixar o governo”

Em evento com pastores hoje, o presidente também se queixou de pressões externas envolvendo indicações ao STJ e ao STF
Bolsonaro diz sofrer “ameaças de cadeia quando deixar o governo”
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Em evento com pastores evangélicos hoje, Jair Bolsonaro (foto) reclamou que está sendo “ameaçado de cadeia quando deixar o governo”. Nesta semana, a Folha de S. Paulo noticiou que o presidente acredita que pode ser preso, se perder as eleições. 

“Por vezes me pergunto: quem sou eu para chegar onde cheguei? Isso não é da boca para fora. O pessoal sabe, quando anda comigo, quantas vezes eu falo: é muito mais fácil estar do outro lado, mas muito mais fácil, e não estar sendo ameaçado de cadeia quando deixar o governo”, afirmou Bolsonaro.

Em seguida, o presidente se queixou de pressões externas envolvendo indicações ao STJ e ao STF.

“Tem pessoas que o tempo todo ficam falando: ‘Olha o teu futuro, você tem que fazer isso’, ‘Eu não quero esse nome para o STJ, tem que ser aquele outro, porque é lista tríplice, ou lista quádrupla’. Para o Supremo, a pressão que eu sofri”, disse.

Recentemente, Bolsonaro indicou os desembargadores Messod Azulay e Paulo Sérgio Domingues para duas vagas abertas no Superior Tribunal de Justiça. Como mostramos, as indicações foram marcadas por uma disputa política envolvendo ministro do STF.

Leia também:

Mario Sabino: “O Palácio do Planalto se tornou um valhacouto”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....