Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro diz que vacinação infantil "não é obrigatória"

Em entrevista, presidente disse ter conversado com Ricardo Lewandowski sobre ordem do ministro para que MPs estaduais fiscalizem a vacinação de crianças
Bolsonaro diz que vacinação infantil “não é obrigatória”
Foto: Isac Nóbrega/PR

Em entrevista à Jovem Pan nesta quarta (19), Jair Bolsonaro (foto) disse ter conversado com Ricardo Lewandowski sobre a decisão do ministro do STF que determinou que os Ministérios Públicos estaduais fiscalizem a vacinação de crianças contra a Covid.

“Quando começaram as notícias de que a vacina seria obrigatória e iriam multar os pais, eu liguei para o ministro Ricardo Lewandowski para buscar um esclarecimento sobre isso daí”, disse o presidente ao programa chapa-branca Os Pingos nos Is.

“Ele esclareceu que a vacina, conforme despacho dele mesmo, não é obrigatória para as crianças. E agora ele confirma que foi uma resposta a uma ação da Rede Sustentabilidade dizendo que nenhum prefeito ou governador pode aplicar nenhuma sanção a pais que não queiram vacinar seus filhos entre 5 a 11 anos de idade”, alegou Bolsonaro.

Em seu despacho, Lewandowski oficiou os MPs para que fiscalizem o cumprimento do Estatuto da Criança e do Adolescente no âmbito da vacinação, ordenando que os estados “empreendam as medidas necessárias para o cumprimento do disposto nos referidos preceitos normativos quanto à vacinação de menores contra a Covid-19”.

O ministro do STF atendeu a um pedido da Rede, que argumentou que o ato do Ministério da Saúde de recomendar a vacinação infantil “de forma não obrigatória” contraria o ECA —pelo estatuto, é obrigatória a imunização nos casos recomendados pelas autoridades sanitárias.

Ou Lewandowski não explicou muito bem ou Bolsonaro não entendeu.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....