Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro diz não ter gastos pessoais com cartão corporativo: "Posso torrar 25 mil em tubaína"

Em evento da Petrobras, o presidente reagiu à informação de que ele gastou mais que Dilma e Temer até o ano passado
Bolsonaro diz não ter gastos pessoais com cartão corporativo: “Posso torrar 25 mil em tubaína”
Reprodução/Jair Bolsonaro/Facebook

Jair Bolsonaro (foto) tentou nesta segunda-feira (31) explicar os gastos com seu cartão corporativo.

Como mostramos, o presidente usou R$ 29,6 milhões até o ano passado. O número representa um aumento de 18,8% em relação aos quatro anos dos governos Dilma e Temer. Os gastos dos cartões corporativos são secretos, e o Planalto se recusa a revelar os números.

Em evento da Petrobras, Bolsonaro disse que só recorre ao cartão corporativo para gastos com viagens e alimentação das emas do Palácio da Alvorada.

Segundo o presidente, as acusações acontecem porque o governo está “incomodando”.

“Agora, a Globo me chama de…‘Eu e meus filhos gastamos mais com cartão corporativo do que Lula e Dilma’. Nenhum filho meu tem cartão corporativo. Eu tenho três cartões corporativos. Dois é (sic) para viagens, aeronaves, comprar comida para 50 emas e etc. O meu cartão, que eu posso sacar até R$ 25 mil por mês e torrar em tubaína e Coca-Cola, nunca tirei um centavo. As acusações são as mais absurdas possíveis porque estamos incomodando.”

Ontem, para tentar vender Bolsonaro como um homem simples e abafar os gastos com o cartão corporativo, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, publicou um vídeo em que o presidente aparece se alimentando feito um bicho, derrubando farofa sobre si mesmo. Horas depois, a publicação foi apagada.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....