Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro diz que interferências de outros Poderes foram "tristezas" de 2021

Em live, o presidente criticou a atuação de ministros do STF ao longo do ano e lembrou que quem for eleito em 2022 poderá indicar dois para a Corte
Bolsonaro diz que interferências de outros Poderes foram “tristezas” de 2021
Foto: Palácio do Planalto/Flickr

Jair Bolsonaro (foto) disse ontem que as maiores tristezas de 2021 foram as interferências indevidas dos demais Poderes no Executivo. Em live, o presidente disse que o Brasil poderia estar melhor se não fossem algumas decisões do Judiciário.

“As tristezas são as interferências indevidas. O tempo todo interferência indevida no Poder Executivo, afasta a presidente do Ibama, não deixa nomear não sei quem lá, tem que fazer isso, tem que fazer aquilo, não é atribuição dessas outras pessoas isso. Poderíamos estar melhor se não tivessem algumas pessoas nos atrapalhando.”

A declaração foi direcionada a ministros do STF, como Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes, que foram alvos dos ataques do presidente ao longo de todo o ano. Na live, o presidente voltou a dizer que terá a oportunidade de indicar mais dois ministros do Supremo se for reeleito.

“No ano que vem, quem você botar na presidência vai indicar dois ministros para o Supremo, como eu indiquei ministros que tem uma certa afinidade conosco. Defende as pautas de família, armas, liberdade religiosa. Eu duvido que eles vão agir diferente do que eu estou falando aqui e agora.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....