Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro diz que indicou Milton para “fazer um bom trabalho”, não para “desvios de conduta”

Para o presidente, a operação da PF que mirou o ex-ministro reafirma que o órgão não é alvo de interferência do Poder Executivo
Bolsonaro diz que indicou Milton para “fazer um bom trabalho”, não para “desvios de conduta”
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Em conversa com aliados desde ontem pela manhã, Jair Bolsonaro tem reforçado que ainda é cedo para julgar o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, que foi preso após uma operação da Polícia Federal.

Entretanto, durante as reuniões no Palácio do Planalto, o presidente da República reforçou que “se ele errou, ele que pague pelos seus erros”. “Eu o indiquei para fazer um bom trabalho, não para desvios de conduta. Ele tem direito de se defender”, afirmou Bolsonaro em conversa com correligionários da Câmara.

Para o presidente da República, a operação da PF reafirma que o órgão não é alvo de interferência do Poder Executivo. Essa narrativa será utilizada pela base governista para  defender o Palácio do Planalto durante os desdobramentos do Bolsolão do MEC.

Mais notícias
TOPO
×
Oferecimento....