Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro bate o próprio recorde em liberação de emendas

No ano passado, R$ 25,1 bilhões saíram dos cofres públicos para serem aplicados em redutos eleitorais de deputados e senadores
Bolsonaro bate o próprio recorde em liberação de emendas
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O governo Jair Bolsonaro bateu seu próprio recorde na liberação de emendas parlamentares. De acordo com o Estadão, R$ 25,1 bilhões saíram dos cofres públicos em 2021 para serem aplicados em redutos eleitorais de deputados e senadores.

Com a correção da inflação, o número representa um aumento de R$ 1,4 bilhão em relação ao ano anterior

O valor foi turbinado pelo orçamento secreto, prática usada por Bolsonaro (à esquerda na foto) para comprar apoio no Congresso.

Em 13 de janeiro, o presidente editou ainda um decreto que dá mais poder à Casa Civil na execução do Orçamento, diminuindo a autonomia de Paulo Guedes. Com isso, a pasta de Ciro Nogueira (à direita na foto), expoente do Centrão, passou a dar autorização para algumas ações de abertura ou remanejamento de despesas.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....