Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro admitiu interferência no Enem, diz deputado

Em Dubai, presidente disse que exame 'começa agora a ter a cara do governo'; na semana passada, 37 pessoas pediram demissão do Inep
Bolsonaro admitiu interferência no Enem, diz deputado
Foto: Nilson Bastian/Câmara dos Deputados

Presidente da Frente Parlamentar Mista de Educação, o deputado Professor Israel (PV-DF, na foto) disse que Jair Bolsonaro admitiu ter interferido na elaboração das provas do Enem ao afirmar que as questões “começam agora a ter a cara do governo”.

“O Enem não pode pertencer a governo algum, é uma política de Estado e deve ser respeitado como tal”, afirmou o deputado. Na semana passada, 37 profissionais pediram demissão de cargos estratégicos do Inep, órgão responsável pelo exame, alegando “pressão insuportável”.

LEIA AQUI a reportagem de Ana Viriato na Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....