Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro admite que reformas não vão avançar em 2022

Em entrevista à TV Jovem Pan, o presidente disse que deputados e senadores não querem ser acusados de tirar direitos em ano eleitoral
Bolsonaro admite que reformas não vão avançar em 2022
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em entrevista à TV Jovem Pan, Jair Bolsonaro (foto) admitiu há pouco que reformas como a administrativa e a tributária não devem ser aprovadas ao longo do ano de 2022.

“[Anos eleitorais] são anos difíceis [para a aprovação de reformas], não tem negociação. O parlamentar, no final das contas, ele vê onde é que ele vai pagar o preço com aquele voto contrário ou favorável à tal proposta”, disse o presidente da República.

Ele disse também que gostaria de ver avanços na reforma administrativa. Entretanto, ele ponderou que “o parlamentar não quer concorrer à reeleição sendo acusado de ter tirado algum direito, seja lá o que for, por parte dos servidores.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....