Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaristas discutem com deputados históricos do PL em grupo de Whatsapp

Ala mais próxima do presidente da República encontrou dificuldades em ter um nome próprio na disputa para a Vice-Presidência da Câmara
Bolsonaristas discutem com deputados históricos do PL em grupo de Whatsapp
Divulgação: Câmara dos Deputados

A eleição do deputado federal Lincoln Portela (PL-MG) à Vice-Presidência da Câmara dos Deputados, na última quarta-feira (25), foi o resultado não apenas do esforço do partido para reocupar a vaga de Marcelo Ramos, hoje no PSD. Foi também o estopim de uma briga envolvendo antigos nomes do partido e a ala bolsonarista da sigla.

Na terça-feira, segundo o jornal O Globo, nomes ligados ao presidente dentro do partido, como Carla Zambelli (SP), indicaram que poderiam concorrer ao cargo, junto a outros parlamentares como o deputado Major Vitor Hugo (GO), mesmo contra a orientação da cúpula da sigla.

Isso irritou os mais antigos do partido, como Giovani Cherini (RS), que passou a defender um nome mais moderado para o cargo.

Eu apoio quem o Valdemar Costa Neto (presidente do PL) apoiar. Mas eu acho que deveríamos eleger algum nome mais MODERADO e que não tenha tanta sede de aparecer“, teria escrito o parlamentar gaúcho, segundo O Globo.

Em uma eleição interna, Lincoln Portela foi escolhido o nome oficial do partido, vencendo Vitor Hugo.

Na disputa, Portela venceu outros quatro nomes do partido, entre eles o da ex-ministra da Secretaria de governo, Flávia Arruda (DF). Apesar de ter sido a ministra responsável pela articulação com parlamentares, ela acabou com 83 votos, enquanto Portella teve 232.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....