Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Boate Kiss: "Se for para tirar a dor desses pais, me condenem", diz réu

Ex-produtor da banda Gurizada Fandangueira Luciano Bonilha prestou depoimento; ele acionou o artefato pirotécnico que iniciou o incêndio
Boate Kiss: “Se for para tirar a dor desses pais, me condenem”, diz réu
Foto: Reprodução/RBS TV

O ex-produtor da banda Gurizada Fandangueira Luciano Bonilha (foto) prestou depoimento hoje no julgamento do caso da Boate Kiss, em andamento há 9 dias em Porto Alegre. Segundo réu a ser ouvido, Bonilha afirmou que é inocente, mas disse que, se for pra tirar as dor dos pais das vítimas, “está pronto” para ser condenado.

“Tenho consciência tranquila que não foi meu ato que tirou a vida desses jovens. Se for pra tirar as dor dos pais, eu estou pronto, me condenem.”

O ex-produtor acionou o artefato pirotécnico que iniciou o fogo na boate. Durante o depoimento, Luciano Bonilha confirmou que comprou o item a pedido do sanfoneiro Danilo Jaques, que morreu na tragédia. Luciano também afirmou que a banda não sabia que o teto do palco havia sido rebaixado e revestido de espuma. “Se acreditava que era tudo seguro”, disse.

Ontem, Elissandro Spohr, um dos sócios da boate, foi ouvido e já havia pedido para ser preso, pois está “cansado”. Ao todo, 242 pessoas morreram e outras 636 ficaram feridas no incêndio.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....