Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Barroso rejeita pedido do partido de Weintraub para aumentar fundo eleitoral

Ministro arquivou ação alegando que o partido, por não ter representante no Congresso, sequer teria direito de questionar no STF a divisão dos recursos
Barroso rejeita pedido do partido de Weintraub para aumentar fundo eleitoral
Foto: Lula Marques/Fotos Públicas

O ministro do STF Luís Roberto Barroso rejeitou um pedido feito pelo Partido da Mulher Brasileira, que passou a ser identificado como Brasil 35, para ter direito a uma fatia maior do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC), conhecido como “fundão”, para o primeiro turno das eleições.

A sigla é o partido do ex-ministro da Educação Abraham Weintraub, que vai disputar o governo de São Paulo.

De acordo com a Lei das Eleições, o PMB dividirá com outras siglas partidárias uma fatia de 2% de todo o fundão, o que daria 0,0625% para cada partido.

Barroso rejeitou o pedido do PMB alegando que o partido, pelo fato de não ter representante no Congresso Nacional, sequer teria direito de questionar no STF a divisão dos recursos do fundo eleitoral.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....