Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Barros rebate CPI e insiste com STF para 'ser ouvido já'

Líder do governo Bolsonaro na Câmara contesta colegiado, que disse não aceitar interferência do Supremo para marcar data de seu depoimento
Barros rebate CPI e insiste com STF para ser ouvido já
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Ricardo Barros, que insiste para que o STF obrigue a CPI da Covid a ouvi-lo, foi às redes sociais para responder à cúpula do colegiado.

“A CPI alegou que não aceita interferência do STF em marcar data para me ouvir dizendo ser ‘matéria interna corporis'”, escreveu o líder do governo de Jair Bolsonaro na Câmara.

“Esqueceram que quem determinou a instalação da CPI foi o STF, e eles acataram. Pedi hoje novamente para ser ouvido já”, completou o deputado, acrescentando um link para a “reiteração de pedido de liminar” que seus advogados enviaram ao Supremo.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....