Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bancada do PP de Ciro Nogueira não assina CPI da Petrobras

Até o momento, 150 parlamentares apoiaram a investigação sobre os preços dos combustíveis praticados pela estatal
Bancada do PP de Ciro Nogueira não assina CPI da Petrobras
Foto: Adriano Machado/Crusoé

A bancada do PP na Câmara ainda não endossou o pedido de abertura de uma CPI para investigar os preços dos combustíveis praticados pela Petrobras. Até o momento, 150 parlamentares apoiaram a investigação.

Dos 56 deputados da sigla do ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira (PI), poucos assinaram o requerimento, entre eles o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR). A líder da bancada feminina na Casa, Celina Leão (PP-DF), também assinou o pedido.

Os deputados do partido afirmam em caráter reservado que ainda esperam uma orientação do líder do PP, André Fufuca (MA), sobre como se manifestar a respeito da investigação.

“Todo mundo sabe como começa uma CPI, mas ninguém sabe como termina”, admitiu um deputado do PP a este site.

Além disso, parlamentares do PP também temem que a CPI da Petrobras recaia sobre a atuação deles nos últimos anos. Alguns deputados do PP foram citados na Lava-Jato justamente por indícios de participação no esquema de corrupção na companhia.

Como mostramos mais cedo, a base governista na Câmara quer justamente vincular o aumento de preço de combustíveis aos desvios do PT na estatal.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....