Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bancada da Bíblia vai pressionar Lira a ignorar condenação de Daniel Silveira

Parlamentar bolsonarista foi condenado a 8 anos e 9 meses de prisão e à perda do mandato; decisão, porém, ainda depende de confirmação da Câmara
Bancada da Bíblia vai pressionar Lira a ignorar condenação de Daniel Silveira
Foto: Marina Ramos/Câmara dos Deputados

O presidente da Frente Parlamentar Evangélica, Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), iniciou um movimento junto com outros partidários para pressionar o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), a não referendar a decisão do STF que condenou o deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ).

O parlamentar bolsonarista foi condenado a 8 anos e 9 meses de prisão e à perda do mandato, após ele ter sido acusado de estimular atos antidemocráticos e atacar instituições como o próprio Supremo. Apesar disso, a cassação de mandato precisa ser referendada pela Câmara dos Deputados.

“Em qual constituição existe a possibilidade de cassação de mandato eleito pelo voto direto pela Suprema Corte? Isso não existe em constituição nenhuma no mundo”, disse o líder da bancada evangélica a O Antagonista.

“Nós não temos mais que nos preocupar com o Supremo, que já não respeita mais a Constituição. Agora, é deixar o Supremo para lá. A gente vai buscar alternativas para buscar soluções ‘interna corporis’”, acrescentou.

Cavalcante pretende levar o assunto para a próxima reunião do colégio de líderes, que deve ser realizada na terça-feira da semana que vem. Até o momento, a decisão do STF não tem vigência, pois depende da publicação do acórdão do julgamento e de um novo recurso ao qual Daniel Silveira tem direito.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....