Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Arthur do Val tem mandato cassado pela Assembleia de SP

Líder do MBL, que havia renunciado ao cargo, foi julgado por quebra de decoro no caso dos áudios sexistas sobre ucranianas; ele ficará inelegível por 8 anos
Arthur do Val tem mandato cassado pela Assembleia de SP
Foto: Alesp

A Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) decidiu nesta terça-feira (17) pela cassação do mandato do ex-deputado estadual Arthur do Val (foto).

Dos 94 deputados da Alesp, 73 votaram a favor da cassação proposta pelo Conselho de Ética e Decoro Parlamentar. Com isso, o líder do MBL perdeu os seus direitos políticos e ficará inelegível por oito anos.

Também conhecido como Mamãe Falei, Arthur foi julgado por quebra de decoro parlamentar no caso dos seus áudios com comentários sexistas sobre mulheres ucranianas que tentavam deixar o país para fugir da invasão russa. Ele também foi desfiliado do Podemos e agora está no União Brasil.

Embora o líder do MBL tenha renunciado ao seu cargo em 20 de abril, a medida não o livrou da cassação. Segundo o Código de Ética e Decoro Parlamentar da Alesp, “o processo disciplinar (…) não será interrompido pela renúncia do deputado ao seu mandato, nem serão por ela elididas as sanções eventualmente aplicáveis aos seus efeitos”.

Não custa lembrar que Fernando Cury (ex-Cidadania, hoje no União Brasil), o deputado estadual que apalpou a colega Isa Penna, do PSOL, no plenário da Alesp, foi punido com apenas seis meses de suspensão.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....