Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Aras critica relatório da Transparência Internacional e nega alinhamento a Bolsonaro

Estudo da ONG mostrou Brasil caindo duas posições no Índice de Percepção da Corrupção e apontou "graves interferências" do presidente na PGR e na PF
Aras critica relatório da Transparência Internacional e nega alinhamento a Bolsonaro
Foto: Antonio Augusto/Secom/PGR

Augusto Aras (foto) rebateu nesta quarta-feira, 26, um estudo da Transparência Internacional que falou em “graves interferências” de Jair Bolsonaro na Procuradoria-Geral da República e na Polícia Federal.

O relatório “Retrospectiva Brasil 2021”, produzido pela ONG, mostrou que o Brasil caiu duas posições no Índice de Percepção de Corrupção e está agora no 96º lugar entre 180 países.

O PGR negou atuar em “alinhamento sistemático” com Bolsonaro, disse que o relatório apresenta “ilações” e alegou que trabalha com respeito à Constituição e às leis, sem provocar a “exploração midiática de casos em apuração”.

Em bom português: sentiu.

LEIA AQUI a reportagem de Ana Viriato na Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....