Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Após STF legalizar orçamento secreto, governo libera R$ 109,1 milhões

Os recursos foram empenhados em 7 e 8 de dezembro, segundo levantamento da ONG Contas Abertas; beneficiários das emendas de relator continuam desconhecidos
Após STF legalizar orçamento secreto, governo libera R$ 109,1 milhões
Foto: Reprodução/ STJ

O governo empenhou R$ 109,1 milhões do chamado orçamento secreto em 7 e 8 de dezembro, segundo levantamento da ONG Contas Abertas ao qual O Antagonista teve acesso.

A liberação dos recursos, sem a identificação dos parlamentares beneficiários, ocorreu após o STF liberar o pagamento das emendas de relator.

Segundo o economista Gil Castello Branco (foto), fundador da organização, o empenho das emendas sem a identificação dos beneficiários fere a resolução do Congresso e a decisão do STF.

“A transparência tinha que vir a partir de agora. A resolução já foi aprovada e não se sabe quem foi o beneficiário. Prometeram transparência imediata. É inconcebível não sabermos quem pediu a emenda. Estão contrariando a resolução do Congresso e a própria decisão da ministra Rosa Weber”, disse.

Somente em 8 de dezembro foram empenhados R$ 99,8 milhões. Desse total, R$ 33,5 milhões foram para o Piauí, R$ 21,4 milhões para a Bahia e R$ 15,8 milhões para Minas Gerais e R$ 8,6 milhões para o Maranhão.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....