Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Após repercussão negativa, Lula endurece contra Pedro Guimarães

Na quarta, o petista disse não ser nem procurador para comentar o caso de Pedro Guimarães, acusado de assédio sexual relatadas por funcionárias da Caixa
Após repercussão negativa, Lula endurece contra Pedro Guimarães
Foto: Reprodução

Dias depois de evitar comentar as denúncias de assédio sexual contra o ex-presidente da Caixa Pedro Guimarães, Lula afirmou neste sábado (2) que o caso precisa ser “apurado e julgado”. A declaração foi feita durante ato político em Salvador, onde o petista cumpriu agenda de pré-campanha.

“Como as mulheres foram vítimas de assédio pelo presidente da Caixa Econômica Federal. É preciso que essa gente seja julgada. E é preciso que essa gente, depois de apurada e julgada, essa gente seja condenada.”

Durante entrevista na última quarta a uma rádio de Piracicaba, Lula, sem ser perguntado, afirmou que não comentaria as denúncias.

“Vocês nem perguntaram do presidente da Caixa Econômica que está sendo acusado por assédio. Mas também eu não sou procurador e não sou policial”, disse na ocasião.

A fala de Lula sobre as acusações de assédio a Guimarães por parte de funcionárias da Caixa repercutiu negativamente nas redes.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....