Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Após desistência de general, TSE mantém atual diretor-geral no cargo

Mais cedo, como mostramos, a Corte informou que Fernando Azevedo e Silva comunicou que, por questões pessoais de saúde e familiares, não ficaria na Corte
Após desistência de general, TSE mantém atual diretor-geral no cargo
Foto: Antonio Augusto/Secom/TSE

O ministro Edson Fachin, que assume a presidência do Tribunal Superior eleitoral (TSE) na próxima terça-feira (22), convidou o atual diretor-geral, Rui Moreira de Oliveira, para permanecer à frente do cargo. Rui Moreira aceitou o convite na tarde desta quarta-feira (16).

Mais cedo, como mostramos, a Corte informou que o general Fernando Azevedo e Silva comunicou aos ministros Edson Fachin e Alexandre de Morais que, por questões pessoais de saúde e familiares, não ficaria no cargo. 

A desistência ocorre em meio ao desgaste da Corte após alegações do presidente Jair Bolsonaro de que as Forças Armadas apontaram vulnerabilidades no sistema eleitoral.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....