Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

PT ignora Lula e tenta valorizar o petista para minar PSB

Partido vai insistir em candidaturas em São Paulo e em Pernambuco; termos da aliança serão discutidos em reunião marcada para amanhã
PT ignora Lula e tenta valorizar o petista para minar PSB
Fotos: Marina Ramos/Câmara dos Deputados e Arquivo PSB

O PT tem dado vários recados ao PSB de que, independente de uma aliança em torno de Lula, não vai desistir da disputa pelos governos estaduais em estados-chave como Pernambuco e São Paulo.

Amanhã, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann (foto, à direita), vai ter uma reunião com o presidente do PSB, Carlos Siqueira (foto, à esquerda), para definir a aliança entre os dois partidos. A conversa é tida como essencial para abrir caminho para a filiação de Geraldo Alckmin ao PSB.

Na terça-feira última, a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, foi enfática e defendeu a candidatura do senador petista Humberto Costa, apesar de o Estado ser considerado a principal base eleitoral do PSB.

“Não tem nada definido, Humberto Costa é um bom nome. O PSB lá [em Pernambuco] teria prevalência, e um nome normal seria o do Geraldo Júlio, que foi prefeito. Ele não quer sair, o PSB não tem nome, por isso colocamos o nome do Humberto, que sempre teve ótimo relacionamento com o PSB”, afirmou a petista.

Em São Paulo, Fernando Haddad é apontado como o principal nome da esquerda na disputa pelo governo estadual. Na quinta-feira última, em entrevista à Folha, o presidente do PT em SP, o ex-ministro Luiz Marinho, disse que a chance é “zero” de o partido retirar a candidatura de Haddad em favor de Márcio França, o ex-governador do PSB e igualmente pré-candidato no maior colégio eleitoral do país.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....