Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Aliança do Brasil ainda sonha em existir e abrigar Bolsonaro

Organizadores da legenda que não saiu do papel continuam culpando a pandemia pelo fracasso na busca dos apoios necessários
Aliança do Brasil ainda sonha em existir e abrigar Bolsonaro
Foto: Divulgação/Aliança pelo Brasil

A cúpula da Aliança pelo Brasil, partido que seria presidido por Jair Bolsonaro e não saiu do papel, ainda sonha em conseguir apoios necessários, se tornar realidade e filiar o presidente da República mais à frente.

“A Aliança é um partido que ainda está em formação, não é algo que não deu certo. Pode não ter sido a opção agora, para as eleições de 2022”, disse a O Antagonista, em reservado, um dos organizadores do partido.

A avaliação que se faz entre os apoiadores de Bolsonaro é a de que o distanciamento social, em razão da pandemia, dificultou a busca pelos apoios necessários para acionar o TSE e criar a legenda.

“Ficamos um ano e meio praticamente sem poder chegar perto das pessoas. Dizer que isso é um fracasso não é justo. O mundo inteiro parou.”

Enquanto isso, como dissemos ontem, a aliança foi parar no dedo de Valdemar Costa Neto.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....