Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Alexandre de Moraes prorroga por mais 60 dias inquérito sobre Daniel Silveira

Polícia Federal solicitou a Supremo Tribunal Federal mais tempo para obter informações sobre os sistemas da Câmara dos Deputados
Alexandre de Moraes prorroga por mais 60 dias inquérito sobre Daniel Silveira
Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

O ministro do STF Alexandre de Moraes determinou a prorrogação por mais 60 dias do inquérito que apura violações do uso da tornozeleira eletrônica que teriam sido cometidas pelo deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ).

Essa é a segunda prorrogação da investigação.

Dessa vez, a continuidade das investigações foi solicitada pela Polícia Federal, em 28 de abril último. No pedido, o órgão solicita mais tempo para obter informações sobre os IPs (Protocolo de Internet) e acessos detalhados aos sistemas da Câmara dos Deputados.

“Considerando a necessidade de prosseguimento das investigações, notadamente no que diz respeito à obtenção dos dados cadastrais dos usuários dos IPs apurados, para que seja possível a apresentação dos locais físicos de onde foram feitos acessos ao sistema da Câmara dos Deputados, nos termos solicitados pela Polícia Federal e previstos no art. 230-C, § 1º, do RISTF, prorrogo por mais 60 (sessenta) dias o presente inquérito”, afirmou Moraes na decisão.

Em fevereiro do ano passado, Silveira foi preso por ter defendido o AI 5, instrumento de repressão mais duro do regime militar e ainda a destituição dos ministros do Supremo, o que é inconstitucional. Depois de solto, ele passou a ser monitorado por tornozeleira eletrônica, por decisão do ministro Alexandre de Moraes.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....