Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Agamenon: entrando pelo tucano

O PSDB era uma espécie de PMDB de cachimbo; hoje, mal consegue ganhar um pleito em que todos os candidatos são do mesmo partido
Agamenon: entrando pelo tucano
Agamenon/O Antagonista

Tá ruim pra todo mundo, mas está pior para o PSDB. Conectem-se no meu algoritmo: quando foi fundado, o PSDB (Partido Social-Democrata Bugado) era uma espécie de PMDB de cachimbo. Seus sofisticados integrantes eram intelectuais de esquerda que não queriam se meter com as maracutaias da política. Mestres da teoria, os peessedebistas chegaram à conclusão de que as maracutaias deveriam ficar a cargo do Lula (que patenteou a expressão). De lambuja, o líder presidiário operário também resolveu um outro problema com que os tucanos sempre tiveram dificuldade de lidar: os eleitores com pouco dinheiro. Mas, como é impossível ganhar uma eleição sem o povão, os socialites-democratas tiveram que engolir alguns sapos, buchadas, pastéis gordurosos e outras iguarias que as classes C, D e E adoram. Isso, claro, antes da inflação atual, com filés mignons sendo vendidos em joalherias. Não a quilo, mas por quilate!

Mas voltando à vaca fria (não confundam com o touro de ouro!): o PSDB mal consegue ganhar um pleito em que todos os candidatos são do mesmo partido. As prévias do PSDB são uma prévia do que vai acontecer no ano que vem. Muitas intrigas, traições e jogadas sórdidas dão o tom da disputa, mas com uma novidade: a culpa de tanta indecisão está sendo atribuída a um aplicativo. Será que é o Pix?

De um lado está o Doria, do outro está o Eduardo Leite e do lado de fora o Arthur Virgílio. João Doria representa o poder de São Paulo, habitat dos tucanos. Doria não quer uma eleição justa, ele prefere uma calça justa —aliás, Doria está convencido de que vai ganhar a convenção, pois convencido é uma coisa que ele sempre foi desde prefeito. Seja qual for o resultado, os perdedores trolados já avisaram que vão processar o vencedor. Se usarem o CPD —Centro de Processamento de Doidos—  do partido para processar o assunto, não vão resolver nunca, por problemas de acesso ao aplicativo.

Segundo os biólogos políticos da GloboNews, os tucanos são aves exóticas que não se bicam e mal conseguem se aninhar em cima do muro, onde depositam seus ovos e cargos públicos. Na verdade, o PSDB é um partido avícola cujo símbolo é o tucano, mas o pássaro que predomina é o pavão. Porém vem do Sul uma nova espécie: o Eduardo Leite, que, num gesto ousado, assumiu publicamente a sua condição de gaúcho.

Por trás de todo este imbróglio está o nerd e hacker Aético Neves, o Beocinho. Aético foi pego com a mão na cumbuca digital offline quando foram reveladas suas relações com os empresários analógicos Joesley e Wesley Safadão, que compravam deputados e partidos como se fossem gado para colocar o boi na sombra. O senador mineiro foi acusado de receber propina dos mega-açougueiros e, num momento de desespero, pensou em seguir o exemplo de seu avô, o grande Tancredo Neves, e flopar no Hospital de Base. Agora, está de volta para indicar digitalmente o candidato que vai perder a próxima eleição pra presidente.

Agamenon Mendes Pedreira é o cão chupando mangá.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....