Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Sem comprovar vacinação, advogado de Bolsonaro é barrado no STF

Frederick Wassef, que defende a família Bolsonaro, não conseguiu acompanhar fisicamente ao julgamento do caso da rachadinha de Flávio Bolsonaro
Sem comprovar vacinação, advogado de Bolsonaro é barrado no STF
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O advogado Frederick Wassef (foto) foi barrado pela segurança do Supremo por não apresentar o comprovante de vacinação, exigido a todos que frequentam o tribunal. Ele tentava acompanhar os julgamentos sobre o caso da rachadinha envolvendo Flávio Bolsonaro, o 01.

De acordo com a Corte, Wassef foi informado de que poderia participar de forma online da sessão de julgamento.

No final de outubro, o presidente do STF, Luiz Fux, baixou resolução que obriga a todos que queiram ingressar no tribunal a apresentação do certificado de vacinação emitido pelo aplicativo Conecte-SUS, do Ministério da Saúde.

As pessoas não vacinadas deverão apresentar teste RT-PCR ou teste antígeno negativos para a Covid nas 72h anteriores à visita. O uso de máscaras de proteção facial também continua obrigatório.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....