Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Acusado de atentado à sede da Porta dos Fundos é extraditado da Rússia

Eduardo Fauzi está detido no Presídio José Frederico Marques, em Benfica, na zona norte do Rio
Acusado de atentado à sede da Porta dos Fundos é extraditado da Rússia
Reprodução

Acusado de promover um atentado contra a sede do Porta dos Fundos, Eduardo Fauzi (foto) chegou ao Brasil e está detido no Rio de Janeiro. Ele havia sido preso pela Interpol em Moscou, na Rússia, em setembro de 2020, e foi extraditado nessa quinta (3).

De acordo com a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro (Seap), Fauzi está detido no Presídio José Frederico Marques, em Benfica, na zona norte da cidade, aguardando sua audiência de custódia. Os advogados dele informaram, em nota, que aguardam decisão do Ministério Público do Rio sobre uma eventual denúncia a ser formulada.

Fauzi foi identificado por câmeras de segurança como um dos responsáveis por atirar coquetéis molotov contra a fachada Porta dos Fundos, em dezembro de 2019. O atentado foi uma represália ao especial de Natal da produtora que retratou Jesus como gay. Autodenominado “Ação Integralista”, o grupo assumiu a autoria do ataque dias depois. Fauzi era um dos integrantes.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....