Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

A tragédia sanitária causada por Bolsonaro em números

Estudo compara o que ocorreu no Brasil durante a pandemia com as médias mundiais
A tragédia sanitária causada por Bolsonaro em números
Foto: Isac Nóbrega/PR

Com base no resultado parcial de um estudo publicado na revista The Lancet, Fernando Reinach, no Estadão, quantificou a tragédia causada pelo governo Jair Bolsonaro na pandemia de Covid.

O estudo coletou dados de infectados, internados e mortos em vários países até novembro de 2021. Mais: corrigiu os problemas de coleta de dados e casos de subnotificação. Com base nesses dados e comparando o que ocorreu no Brasil com as médias mundiais, “fica claro que muitos brasileiros morreram por causa das medidas adotadas pelo atual governo”, escreve Reinach.

No mundo todo, a Covid matou 194 pessoas a cada 100 mil habitantes. No Brasil esse número foi de 332.

“Na Nova Zelândia esse número é 0,8 por 100 mil. No planeta, a taxa de infecção por 100 habitantes foi de 49%; no Brasil, de 66%. No Brasil 0,5% dos infectados morreram, enquanto no mundo esse número é de 0,4%.”

“Calcular exatamente quantas das mortes por covid podem e devem ser colocadas nas costas do governo Bolsonaro é difícil, mas deve ser maior que 50 mil. É suficiente para condenar os responsáveis por crime de responsabilidade, homicídio ou genocídio.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....