Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"A pedalada da Dilma é fichinha perto disso"

Para o economista Maílson da Nóbrega, a gambiarra no teto de gastos para bancar o Auxílio Brasil “teve impacto devastador nos mercados”
“A pedalada da Dilma é fichinha perto disso”
Foto: Reprodução RedeTV

Maílson da Nóbrega (foto), ex-ministro da Fazenda, comentou a orgia fiscal de Paulo Guedes para bancar o Auxílio Brasil e tentar reeleger Jair Bolsonaro. Segundo o economista, a gambiarra “teve impacto devastador nos mercados”.

Em entrevista ao Correio Braziliense, Maílson disse que é preciso abandonar a PEC dos Precatórios:

O relator cometeu a façanha de piorar o que já era ruim, porque além do calote, ele introduziu um novo método de tratamento dos precatórios que é desastrosodisse.

A PEC propõe mais duas barbaridades. A primeira é proibir o Judiciário de emitir precatórios. É uma pedalada para ninguém botar defeito (…). 

A segunda é a mudança na periodicidade do reajuste do teto. É uma manobra contábil para abrir margem para mais gastos. E isso é muito mais amplo do que as pedaladas da ex-presidente Dilma Rousseff. A pedalada da Dilma é fichinha perto disso.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....