Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

A MAIOR DELAÇÃO DE TODOS OS TEMPOS

Como O Antagonista antecipou, a Odebrecht concluiu os termos de seu acordo de colaboração premiada. Os anexos estão prontinhos e agora resta apenas a negociação das penas individuais que os executivos, incluindo Marcelo Odebrecht, terão de cumprir em regime fechado.

Pela abrangência inédita – a delação inclui mais de 60 funcionários -, a empreiteira dividiu as bancas de advogados e segmentou os temas, de maneira que um advogado não tem conhecimento do que o outro negociou.

“Ninguém vai conseguir pegar carona na delação. Para ter o benefício, cada executivo terá que apresentar um diferencial”, explica uma fonte envolvida nas negociações.

Para sistematizar a investigação, a força-tarefa da Lava Jato vai analisar as delações “de cima para baixo”, começando por Emílio e Marcelo. Da mesma forma, os primeiros alvos serão Lula e Dilma.

Depois, virão os demais.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....