Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

A espada de Queiroz na cabeça de Jair Bolsonaro

O assessor da rachadinha circula livremente por Brasília, registrando seus movimentos e mandando recados para o bolsonarismo
A espada de Queiroz na cabeça de Jair Bolsonaro
Capa: Daniel Medeiros/Crusoé - Foto: Reprodução

Cadê o Queiroz? Ele está em Brasília, circulando livremente – e registrando todos os seus movimentos no celular.

“O novo comportamento de Fabrício Queiroz é de altíssima relevância política”, diz a reportagem de capa da Crusoé. “Já seria no mínimo curioso vê-lo circulando lépido e fagueiro por Brasília, depois de passar tanto tempo nas sombras com a ajuda conveniente de pessoas do entorno do presidente. Mas é mais do que isso. O ex-assessor de Flávio Bolsonaro sabe bem os danos que pode causar aos projetos políticos do clã presidencial e joga estrategicamente com essa carta, de modo a garantir salvaguarda e apoio para seus planos, como este de agora, de se candidatar a uma vaga no Congresso. 

Os registros que o próprio Queiroz faz de seu périplo por Brasília podem ser lidos de várias formas – não convém, no entanto, fazer essas leituras de modo inocente, principalmente pelo que ele representa e pelo personagem que é: um dos poucos brasileiros que podem se dar ao luxo de manter uma espada pendurada sobre a cabeça do presidente da República. 

É evidente que Bolsonaro, se pudesse escolher, preferiria ver o seu antigo faz-tudo bem longe das cercanias dos Palácios do Planalto e da Alvorada. A título de comparação, é como se os pivôs do mensalão Marcos Valério e Delúbio Soares perambulassem com desenvoltura por Brasília no auge do escândalo que engolfava Lula, nos idos de 2005. Mas Queiroz, neste momento em que cultiva planos políticos já conhecidos, faz questão de deixar claro que está bem próximo de Bolsonaro”.

Assine a Crusoé e leia a reportagem completa aqui.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....