Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

A casmurrice de João Doria

Assessoria do governador de São Paulo, que tem 2% nas pesquisas, disse hoje que ele não vai abrir mão da sua candidatura à Presidência da República
A casmurrice de João Doria
Foto: Governo do Estado de São Paulo/Flickr

João Doria (PSDB), como temos alertado há muito tempo, é o inimigo oculto de Sergio Moro.

A assessoria do tucano enviou nesta quinta-feira (27) a seguinte nota ao Congresso em Foco, rechaçando a possibilidade de ele abrir mão da candidatura ao Planalto:

“O processo de escolha de um candidato não é individual, é de natureza coletiva. O governador João Doria não é candidato de si mesmo e por isso não abrirá mão da sua candidatura. Ele entende o desejo do PSDB de ter uma candidatura própria e ter escolhido o seu nome para representar o partido através de um processo democrático e inédito no país, as prévias.”

Leia também: Doria, o escorpião de Moro

Na pesquisa Ipespe/XP divulgada há pouco, o governador de São Paulo, que venceu as prévias do partido em novembro do ano passado, aparece com 2% dos votos válidos.

Ao longo de 2021, lideranças de partidos de centro, incluindo o PSDB, acordaram que, no início do ano eleitoral, pré-candidatos desistiriam da disputa para apoiar o candidato mais viável nas pesquisas — hoje, esse nome é Sergio Moro.

Leia também: E agora: a Terceira Via vai querer se unir mesmo ou era tudo teatro?

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....