Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

4x1: Anvisa pede que Saúde informe em até 15 dias como vai usar autotestes

Governo ainda não apresentou informações sobre como exames serão usados em política pública
4×1: Anvisa pede que Saúde informe em até 15 dias como vai usar autotestes
Reprodução/Anvisa/YouTube

O diretor-presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, acompanhou o voto do diretor Rômison Mota para que a avaliação da autorização de autotestes de Covid seja adiada até o Ministério da Saúde definir o uso deles em política pública.

“Comungo do pensamento do diretor Rômison [Mota] no sentido de que a invocação do artigo 29, fixado pela proposta que faz em até 15 dias, prazo bastante razoável para quem em até, friso, até 15 dias possamos obter essas informações”, disse Torres, na reunião transmitida ao vivo.

Em 7 de janeiro, a Anvisa publicou nota informando que, pelas regras atuais, “[o]s autotestes podem ser registrados a partir de uma política pública que preveja o autoteste como ferramenta da estratégia de enfrentamento à Covid-19”.

O objetivo do regulamento, em vigor desde 2015, é “afastar os riscos envolvidos na coleta da amostra biológica, na execução do ensaio, na interpretação do resultado, bem como no manejo dos dados e dos próprios pacientes”.

A reunião foi encerrada, com o voto de Mota vencendo por 4×1. Apenas a diretora Cristiane Rose Jourdan votou pela aprovação dos autotestes, apesar da falta de política pública.

Leia mais:

3×1: Anvisa forma maioria para que Saúde diga como vai usar autotestes antes da liberação

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....